Se fosse possível resumir em poucas palavras, a dica seria “nunca é tarde para fazer um intercâmbio”. A intenção deste artigo é desmitificar a ideia de que o intercâmbio é uma experiência restrita a uma determinada faixa etária. Dá para aprender, conhecer uma cultura nova, curtir, enriquecer o currículo, viajar e aproveitar tudo com muito mais maturidade e seriedade.

INTERCÂMBIO DEPOIS DOS 30: A MATURIDADE A SEU FAVOR

Quem passou dos 30 anos e vai fazer um intercâmbio provavelmente terá muito menos dificuldades de adaptação do que alguém mais novo, que aprende tudo na raça: lavar louça, roupa, cozinhar e saber tratar doenças são coisas que você vai saber encarar muito melhor e resolver com mais calma e parcimônia do que alguém que nunca morou longe dos pais ou se deparou com esses imprevistos. E não tem desculpa: dá para fazer intercâmbio sem largar o emprego, dá para trabalhar e estudar, dá para curtir (porque ninguém é de ferro) e aprender muito.

Leia a matéria na íntegra em: http://www.e-konomista.com.br/d/muito-velho-para-fazer-intercambio/?utm_medium=viagens-planettalk

 

Menu